top of page

Enem 2023 tem grande participação de idosos

Atualizado: 16 de nov. de 2023



Do total de quase 4 milhões, cerca de 10 mil inscritos são pessoas com mais de 60 anos.

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano, realizado nos dias 5 e 12 de novembro, registrou uma significativa presença de idosos entre os quase 4 milhões de candidatos. Cerca de 10 mil inscritos são pessoas com 60 anos ou mais.



Esses números refletem a crescente inclusão de idosos em diversas áreas, incluindo a educação. Essa tendência também pode ser constatada pelos dados do Censo 2022, divulgados recentemente pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).


Segundo o levantamento, a população idosa no Brasil, com 60 anos ou mais, atinge a expressiva marca de 32.113.490 habitantes, representando 15,6% do total. Em uma análise sobre este fato constatado no Censo 2022 e no Enem 2023, a Rede Internacional de Pesquisas em Gerontologia e Sistemas de Cuidado no Envelhecimento (RedeGeronto) destaca a importância de repensar a integração das pessoas mais velhas não apenas na educação, mas também nos aspectos sociais, profissionais, familiares e de lazer.


Diante destas mudanças, a Universidade do Envelhecer (UniSER) celebra seu compromisso com a diversidade etária, reconhecendo e promovendo o potencial educacional ao longo de toda a vida. A UniSER está aqui para apoiar e incentivar a busca pelo conhecimento, reforçando que nunca é tarde para aprender.




10 visualizações0 comentário

Hozzászólások


bottom of page